Sucuba [Janauba]

Nome cientifico: Himatanthus drasticus (Martius) Plumel [possivel: Symadenyum grantii]

Sinonímia: Sucuua, janajuba, janaguba, janauba, dona-joana, raivosa, jasmim-manga, sabeú-una, tiborna, sucuúba.
Possivelmentge: Cola-nota [Symadenium grantii].

Composição Química:

Glicosídeo iridóide plumieride, terpenóides.


Dados para Cultivo

Propagação: planta nativa, sementes aladas

Espaçamento: planta nativa

Época de Plantio: planta nativa

Época Colheita: entrecasca, látex e folhas: ano todo


Informações Gerais

Contra Indicações:

A literatura não apresenta nenhum indício de danos pelo uso, contudo, ver possíveis dados na janela Informações Úteis na Abertura do Site. Provável dano se atingir com seu látex, as mucosas como da boca e principalmente olhos, podendo comprometer seriamente a córnea [em caso de acidente lavar os olhos abundantemente com água e procurar imediatamente um médico.


Uso Medicinal

Uso Principal:

Em 1970 foram divulgados registros de cura de casos inoperáveis de câncer de pulmão e linfático usando-se o leite-de-janauba (sucuba). A retirada do leite é feita artesanalmente da casca do tronco, numa faixa de 20X30 cm, retirando-se o látex com uma colher e água. A mistura látex-água sedimenta formando um sobrenadante levemente róseo. A mistura deve ser mantida fria e bebida uma xícara média, 3 vezes ao dia.

Uso Normal:

Usa-se a entrecasca, em decoto, nas: gastrites, úlceras gástricas e auxilia no combate ao câncer. Usa-se o látex, como emplasto – uso externo- como cicatrizante. Usa-se as folhas , uso externo como cataplasma das folhas frescas e amassadas, no caso de: herpes, impigens, fraturas, machucaduras, luxação, verrugas. Usa-se seu látex e entrecasca via oral, contra vermes intestinais, febre, regras irregulares, infertilidade feminina

Características:

Árvore de pequeno porte, até 7m de altura, densamente enfolhada nas extremidades dos ramos , de tronco linheiro, leitoso. Tem folhas obovais, semicoriáceas, também leitosas,com cor das nervuras esbaranquiçadas conrastando com o limbo foliar; flores brancacentas reunidas em inflorescências terminais cimosas, simples ou múltiplas; frutos com dois folículos levemente curvados, de extremidades finas em forma de banana, sementes achatadas, aladas. Nativa deste as Guianas até a Bahia.

Foto: