Vinagreira (hibisco)

Nome cientifico: Hibiscus sabdarifla DC

Sinonímia: Azedinha, caruru-da-guiné, quiabo azedo, quiabo-de-angola,quiabo róseo ou roxo, agrião-da-guiné, rosela, pampola, pampulha, papoula,rosela, caruru-azedo, caruru-da-guiné, azeda-da-guiné, rosélia, groselha, groselheira; arroz-de-cuxa-maranhense.

Composição Química:

Ácido hibisco, ácido oxálico, oxalato de potássio e carbohidratos, sais e Vitamina C, cálcio, fósforo, vitamina D, flavonóides – hibiscetina, hibiscina – . Antocianinas, lactona do ácido flavonol, mucilagens, ácido cítrico, ácido málico, ácido tartárico, derivados antociânicos.


Dados para Cultivo

Propagação: sementes e mudas enrraizadas

Espaçamento: pode ser ornamental

Época de Plantio: canteiros irrigados e cobertos: ano todo

Época Colheita: capulhos e flores e folhas: período vegetativo


Informações Gerais

Contra Indicações:

Não é recomendado o uso de estratos etanólicos em pacientes com síndrome de abstinência de bebidas alcoólicas. www.plantamed.com.br

Valor Alimenticio:

Usada como corante natural (arroz-de-cuchá) aromatizante de alimentos e bebidas. As brácteas e sépalas produzem uma geleia muito apreciada; pode-se com ela fazer um saboroso suco refrescante.


Uso Medicinal

Uso Principal:

Nas dietas de emagrecimento; para fortalecer os cabelos; espasmos gastro intestinal; espasmos e cólicas uterinas; má digestão; hipertensão constipação intestinal; falta apetite; ativar urina; infecção da pele; varizes; hemorroidas. www.plantamed.com.briteativ

Uso Normal:

Usada como estomático, antiescorbútico (na falta de Vitamina C), contém albuminoides e substâncias nitrogenadas, nos distúrbios estomacais, digestiva, laxante suave, antiespasmódica; como bebida quente ou gelada (como refrigerante de alta qualidade), uso interno: ferver por 5 minutos 1 colher de sopa, rasa, de flores frescas de hibisco em 1 a 2 copos de água. Brácteas e sépalas (capulhos), são empregadas para abaixar febres, para problemas digestivos, estomacais, refrescante intestinal, diurético e laxante suave (com a vantagem de não promover a perda de sais importantes do organismo ajudando em programas de emagrecimento racional), protetor das mucosas bucal, pulmonar e bronquial.
Dose de uso doméstico: 1 colher de sobremesa de pó da planta seco e moído, misturado em 0,5 litro de água mineral ou água sem cloro para fazer um chá, fervendo por 5 minutos, apagar a fervura, amornar e tomar uma xícara de chá (adoçada ou não), 3-4 vezes ao dia.

Características:

Nativo da África. Subarbusto anual ou bianual, ereto, ramificado, de caule avermelhado, folhas alternas, verde-avermelhadas, longo-peciolada, inteiras na base da planta, mas a medida que ficam na parte superior passam a ser multi lobadas de margens denteadas, com flores isoladas, na axilas das folhas, com corola de cor amarelada mas com capulho avermelhado, os frutos são cápsulas revestidos pelos híspidos. Pelo seu aspecto curioso pode ser cultivada com fins ornamentais.

Foto:

Foto 2: