Como: anticâncer, antioxidante, na próstata, cólon, colo uterino, pulmão, mama, coração usar Tomate, Damasco, Papaia (mamão),Grapefruit rosado, Goiaba, Melancia (fontes de Licopeno)

Substâncias

Licopeno (Caroteno)


Efeitos

Um dos nutrientes anticâncer mais importantes é o licopeno, um caroteno responsável pela cor vermelha dos tomates. A quantidade de licopeno no tomate pode variar significativamente, dependendo do tipo de tomate e do grau de amadurecimento.
Nas qualidades mais vermelhas, a concentração do licopeno fica perto dos 50 mg/ kg, comparando com apenas 5 mg/kg nos amarelos. O licopeno parece se manter relativamente estável durante o cozimento e processamento dos alimentos. De fato, na verdade, você absorve até cinco vezes mais licopeno da pasta ou do suco de tomate do que dos tomates crus, porque o processamento “libera” um volume maior de licopeno das células do vegetal. Comer uma fonte de licopeno com óleo, como o azeite de oliva, também pode aumentar sua absorção. É esta uma das razões para uma dieta mediterrânea (tal como a cozinha italiana) ter tantas propriedades saudáveis. Como o licopeno é um limpador de radicais de oxigênio mais potente do que outros importantes carotenos alimentares, ele exerce efeitos adicionais contra o câncer. Recentemente, pesquisadores em Harvard descobriram que, de todos os diferentes tipos de carotenos, apenas o licopeno foi claramente associado com a proteção contra o câncer de próstata. Os homens que consumiram os maiores níveis de licopeno (6,5 mg diários), em sua dieta mostraram um risco 21 por cento menor de câncer de próstata, comparados com aqueles que comeram níveis inferiores. Constatou-se também, que os consumidores de altos níveis de licopeno tiveram risco 86 % menor do câncer de próstata (embora isso não alcançasse importância estatística, devido ao pequeno número de casos). Num estudo de pacientes com câncer da próstata existente, a suplementação de licopeno (30 mg diários) demostrou um lento crescimento tumoral, encolhimento do tumor e um nível mais baixo de PSA. Além da prevenção do câncer da próstata, estudos baseados numa população indicam que o licopeno protege contra: cânceres de cólon, do colo uterino, do pulmão e da mama. Como uma vantagem a mais, os pesquisadores também encontraram uma associação estatisticamente significativa entre altos níveis de licopeno na alimentação e um risco menor de doenças cardíacas.
(Drs. Murray, Birdsall, Pizzorno, Reilly. Como prevenir e tratar o câncer com Medicina Natural. 2005)