ALIMENTOS GENÉRICOS: ALERTA GERAL> TÓXICOS; ADITIVOS; AMINAS

Substâncias

C) Alimentos que contém outras Aminas (podem causar dores de cabeça): Chocolate- feniletilamina Frutas Cítricas- Octapamina Feijão- diidrofenilalamina Tomate, abacaxi e banana- 5-hidroxitriptamina. D) Alimentos que contém Ácido Acetilsalicílico: Abricó, ameixa, amêndoa, amora, banana, cebola, cenoura, cereja, currant, feijão, framboesa, groselha, laranja, maçã, morango, nectarina, noz, pepino, pera, pimenta, repolho, tomate, uva, leite, vinho, ovo, refrigerante, queijo e chocolate. E) Alimentos que podem apresentar efeitos tóxicos quando em grandes quantidades: No bacalhau, podemos encontrar o alérgeno parvalbumina (alérgeno M). No amendoim é uma mistura de proteínas que são estáveis ao calor, ou seja, não se modificam com o tratamento térmico. Os alérgenos como a ovoalbumina, ovomucóide e conalbumina, são encontradas nos ovos. É estável ao calor somente a ovomucoide, ficando as outras ativas em preparações a frio como nas maioneses . Nos indivíduos alérgicos ao leite de vaca são várias as proteínas, sendo a mais importante a caseína e a Beta-lactoglobulina.

REAÇÕES AOS ADITIVOS A) SULFITOS: DIÓXIDO DE ENXOFRE, BISSULFITO DE SÓDIO, METABISSULFITO DE SÓDIO E POTÁSSIO. Na preservação dos alimentos e medicamentos as industrias utilizam os sulfitos, especialmente nos camarões, em batatas pré-preparadas , em saladas de restaurantes, vinhos, frutas secas e cervejas. Podem ocorrer crises respiratórias, asma, rubor e entumecimento de garganta e da boca, após o consumo de alimentos contendo sulfitos , em pessoas com hipersensibilidades. Nas preparações como o vinho e cerveja esta substância pode ocorrer naturalmente. ** Recentemente o FDA proibiu o seu uso em vegetais consumidos frescos. Eis a tabela contendo várias categorias de aditivos :

CATEGORIA DE ADITIVOS ONDE SÃO ENCONTRADOS

Corantes Manufaturados, geleias, bebidas, sopas, confeitarias Preservativos como: Sorbatos Benzoatos Sulfitos Nitratos Ácido propiônico Bolos, panificação; Frutas secas, bebidas, picles, molhos de saladas, molhos; Frutas secas,bebidas, batata processada, camarão; Carnes, embutidos Panificadoras, produtos lácteos. Antioxidantes: Ácido ascórbico BHA (Hidroxianisol Butilado) BHT (Hidroxitolueno) Suco de frutas, pães; Sucos de frutas, biscoitos , molhos; IDEM. Emulsificadores, Estabilizantes: Lecitina Alginatos e ágar Celuloses Produtos de ácidos graxos. Chocolates, leite em pó, sorvetes, geléias, doces, margarinas; Sorvetes, doces, pudins; Pães com mais fibras, produtos com baixa calorias; Leite em pó, sopas , pães.

B)GLUTAMATO MONOSSÓDICO: É   muito utilizado na cozinha chinesa e podem apresentar reações desagradáveis como: Dor de cabeça, rubor facial, asma , dor no peito , entre outras reações.

VERÃO, ÉPOCA DA ALEGRIA. O verão é uma estação onde reunimos-nos com os amigos, participamos de festas (carnaval), temos mais contato com a água (piscina, praia), tomamos banho várias vezes por dia , procuramos o campo e a natureza Nestas festividades cultivamos os sentimentos de alegria, vivemos mais ao ar livre, suamos, excretamos mais líquidos pelo corpo. Por este motivo precisamos saber o que ingerir no Verão. Devemos observar o nosso corpo como um laboratório onde a mistura de componentes errados, podem trazer conseqüências graves futuras. Devemos evitar Carne bovina, carne de porco, bacon, carneiro, miúdos, frituras, gorduras , creme de leite, chocolate, e a famosa feijoada, nem pensar em passar perto. Os camarões e mexilhões devem ser observados em relação a limpeza e conservação. Devemos procurar alimentos que abaixem o colesterol, os alimentos que promovem a limpeza das artérias e que possuem ação antioxidantes também. Por eliminarmos muito líquido devemos ingerir frutas cheias de líquidos, como a melancia, melão, abacaxi, nectarina, ameixa fresca, uvas, laranja, e água de coco. Como citei deve-se dar preferências a carnes brancas de aves e peixes. Arroz (branco ou integral), milho, aveia, trigo, pão integral, soja , tofu, lentilha, grão-de-bico, feijão fradinho devem estar entre os cereais e leguminosas. As raízes e os tubérculos devem fazer parte do cardápio também, são eles: aipim, inhame, batatas , cenoura crua e a beterraba ralada. As hortaliças devem ser incluídas, como exemplo: Alface, aipo, agrião, aspargos, acelga, bertalha [escarola ou mostarda], brócolis, broto de feijão, broto de bambu, broto de alfafa, berinjela, chicória, champinhom, couve, couve-flor, espinafre, maxixe, jiló, palmito, rúcula, quiabo, vagem, tomate, escarola, e repolho. Para os temperos devemos usar a vontade o limão, vinagre, azeite extravirgem, cebolinha, salsa, sálvia, alho-poró, manjericão fresco, hortelã, orégano e shoyo. Os chás são bem vindos, pois desintoxicam, contém catequinas que tem a função de ser bactericida e antioxidante. Como exemplo o chá verde. O chá de abacaxi é rico em potássio e é diurético. O suco de abacaxi batido com um pouco de água e hortelã alivia o calor. O nosso organismo é um laboratório que para funcionar deve obedecer regras. Hoje em dia, já sabemos que certos alimentos possuem a função de proteger suas células contra os radicais livres, diminuir a quantidade de LDL, o colesterol ruim, aumentar o HDL, o bom colesterol, neutralizar as substâncias tóxicas para o corpo, tornar o sangue mais fluido, além de inibir inflamações e formação de coágulos. As substâncias com propriedades especiais que estão contidas nestes alimentos são os fitoquímicos e os alimentos se denominam funcionais. Alguns fitoquímicos como o sulforafano podem impedir o crescimento de câncer de mama (tem impedido o crescimento de tumores em cobaias) ou de estimular enzimas naturais do corpo humano que podem corrigir as anormalidades das células. Encontramos o Sulforafano nas crucíferas como: o brócolis, a couve-flor, a couve-de-brunela e a couve-manteiga.