Cacaueiro

Nome cientifico: Theobroma cacao L.

Sinonímia: Cacau, cacao, cacau-forasteiro, cacau-da-bahia, cacau-do-brasil, cacau-verdadeiro, chocolate, massaroca. Clones selecionados: ver Boletim 200 - IAC

Composição Química:

Teobromina, taços de cafeína, óleo essencial alcuroma, tanino, flogafeno, matéria celulósica e orgânicas, sais minerais e vitaminas, manteiga constituida de uma mistura de triglecerídeos dos ácidos esteáricos, óleico , palmitico e láurico.


Dados para Cultivo

Propagação: sementes formando mudas

Espaçamento: diversos- variando 1000 a 2000 mudas/ha

Época de Plantio: planta nativa-sementes viveiro: set-abr; mudas campo: ano todo litoral, Plan São.Paulo: out-mar

Época Colheita: folhas, período vegetativo; frutos, sementes: depois 2 anos, ano todo


Informações Gerais

Valor Alimenticio:

O fruto é largamente utilizado na fabricação do chocolate, geléia, vinho, vinagre, etc.

Observações:

Produz a manteiga de cacau que entra na confecção de cremes, pomadas, etc., pura ou associada a outros medicamentos.


Uso Medicinal

Uso Normal:

Usa-se as sementes, suco da polpa, como tônico, estimulante , na nefrite, bronquites. Usa-se as folhas – como infusão- em certas dores da angina do peito.

Características:

Natural da Amazônia brasileira e Bahia. Quando adulta é uma pequena árvore, com copa ramificada, folhas simples alternas, pecíolos curtos, cartáceas, oblongo-ovaladas, inflorescência cimosa caulinar, flores pentâmeras, brancas, róseas ou avermelhadas, pétalas com base unguiculadas, fruto drupáceo, elipsóide, anguloso, pericarpo carnoso resistente, elipsóide, anguloso, polpa escassa, branca e sub adocicada, amarelos quando maduros , muitas sementes envoltas em polpa aquosa e ácida.

Foto:

Foto 2:

Foto 3: