Transtorno Bipolar [manias e depressões] g*

Plantas Relacionadas na Literatura : Kava-kava [cava-cava] * ++ sf, Mulungu ++, .
Sintomas e Causas : O que é Transtorno Bipolar? O Transtorno Bipolar é uma doença que se caracteriza pela alternância de humor, sendo que ora a pessoa fica eufórica (episódios de mania) ora deprimida, intercalando com períodos de normalidade. Apesar de transtorno bipolar do humor nem sempre ser facilmente identificado, existem evidências de que fatores genéticos possam influenciar o aparecimento da doença. Com o que não deve ser confundida Não devemos confundir transtorno bipolar com as alterações de humor motivadas por dificuldades cotidianas estressantes , pois estas são momentâneas e tendem a desaparecer quando as dificuldades são resolvidas. Sintomas A mudança do comportamento de euforia para depressão ou vice-versa é súbita, mas o indivíduo não percebe esta alteração ou a atribui a algum fator do momento, pois o senso crítico e a capacidade de avaliação objetiva das situações ficam prejudicadas ou ausentes. Quando em um episódio de Mania ou Euforia o paciente pode apresentar: Aumento de energia e disposição; Humor eufórico; Irritabilidade, impaciência, “pavio curto”; Distração; Exaltação; Pensamento acelerado, tagarelice; Insônia; Otimismo exagerado, aumento da auto-estima; Gastos excessivos e sem critério algum; Falta de senso crítico; Em casos mais graves pode ocorrer: Delírios e alucinações; Abuso de álcool ou drogas;Idéias de suicídio; Desinibição exagerada; Comportamentos inadequados; Quando em um episódio de Depressão o paciente pode apresentar: Desânimo, cansaço mental; Dificuldade de concentração, esquecimento; Isolamento social e familiar; Apatia, desmotivação; Sentimento de medo, insegurança, desespero e vazio; Pessimismo, idéias de culpa; Baixa auto-estima; Alteração do apetite; Redução da libido; Aumento do sono; Em casos mais graves pode ocorrer:· Dores e problemas físicos como, cefaléia, sintomas gastrintestinais, dores pelo corpo e pressão no peito; Idéias suicidas. http://www.alppsicologa.hpg.com.br
Tratamentos Propostos : Tratamentos tradicionais: O tratamento mais indicado atualmente é uma combinação de medicamentos com psicoterapia. O diagnóstico precoce aliada a uma terapêutica adequada é um bom caminho para a melhoria e manutenção da qualidade de vida do portador desse distúrbio. A participação da família também é muito importante. Para auxiliar o paciente, a família precisa saber o que é e como se trata o transtorno bipolar. Esse entendimento trará ao paciente a sensação de apoio e compreensão que serão importantes atitudes no relacionamento familiar. Um bom conhecimento da doença e do seu tratamento pelo paciente, pelos seus familiares e amigos, aumenta a possibilidade de uma vida produtiva, com qualidade e satisfação. Muitas vezes o paciente não percebe que tem esta enfermidade, e é necessário que familiares e amigos estejam bem informados e saibam reconhecer alguns dos sintomas para poderem encaminha-lo a um tratamento adequado. Última Atualização: 3 de Maio 2005. As informações que constam nessa homepage não excluem a necessidade de consultas com psicólogos, médicos ou outros profissionais da saúde. Site com frames. Para ver a página inteira clique em: http://www.alppsicologa.hpg.com.br ……………………………………….. Tratamento do transtorno bipolar ou psicose maníaco depressiva: A maioria das pessoas com transtorno bipolar, até em suas formas mais graves, pode conseguir estabilização substancial das variações de humor, e sintomas relacionados, com o tratamento apropriado. Uma vez que o transtorno bipolar é uma doença recorrente, o tratamento preventivo de longo prazo é fortemente recomendado e quase sempre indicado. A estratégia de tratamento que combina medicação e tratamento psicosocial é a de melhor indicação para controlar a doença. Na maioria dos casos o transtorno bipolar é bem melhor controlado se o tratamento for contínuo. Porém, até quando não há paradas no tratamento, alterações de humor podem acontecer e devem ser reportadas imediatamente ao médico. O acompanhamento médico de perto, e comunicação aberta sobre as preocupações sobre o tratamento, podem fazer diferença na sua eficiência. Adicionalmente, registrar os tratamentos, sintomas diários, padrões de sono e até eventos na vida pode ajudar pessoas com transtorno bipolar e seus familiares a entenderem melhor a doença. Esse registro também pode ajudar ao médico acompanhar e tratar o transtorno bipolar com mais eficiência. Embora os episódios de mania e depressão naturalmente venham e vão, é importante entender que o transtorno bipolar é uma doença que atualmente não tem cura. Seguir o tratamento, até nos momentos em que a pessoa está bem, pode ajudar a manter a doença sobre controle e reduzir as chances de ter episódios recorrentes mais graves. http://www.copacabanarunners.net/bipolar.html Tratamento Fitoterápico: A planta kava-kava [Piper methysticum], é o único fitoterápico com estudos clínicos controlados que corroboram sua eficiencia no tratamento de sintomas ansiosos. Entretanto, como ocorre com a avaliação clínica de vários fitoterápicos, a maioria desses estudos apresenta importantes restrições metodológicas, particularmente em relação a um diagnóstico padronizado. Seu efeito ansiolítico [kava] poderia ser decorrente de uma ação facilitadora de inibição GABérgica, inibidora da atividade excitatória gentamatérgica, inibidora de atividade dopaminérgicaz, redutora de concentração de serotonina ou bloqueadora nos canais de sódio-voltagem dependentes. A dose empregada nos estudos, é em torno de 300 mg , 3 vezes ao dia; apresentando como efeitos colaterais, queixas estomacais, inquietação, tontura, tremor, cefaléia e cansaço. Alguns relatos de casos tem associado o kava-kava ao aparecimento ou agravamento de sintomas extrapiramidais [parkinsonianos] [Andreatini R. et al] [ Rev. Bras. Psiquiatr. 2001, 23(4): 233-42] ………………………………………… Teles: informações pessoais de João Camilo, indicam bons resultados da associação da Kava-kava, com: Camomila, Hipericum perfuratum, Eritrina mulungu, no tratamento desta patologia. ………………………………………… Tratamento Fitoterápico [Teles]: Nesta patologia podemos indicar os seguintes compostos [misturas de plantas medicinais de comprovada eficiência] fitoterápicos, numa composição escolhida conforme o diagnóstico após uma anamnese [Anamnese (do grego ana, trazer de novo e mnesis, memória) é uma entrevista realizada pelo profissional de saúde ao seu paciente, que tem a intenção de ser um ponto inicial no diagnóstico de uma doença. Em outras palavras, é uma entrevista que busca relembrar todos os fatos que se relacionam com a doença e à pessoa doente (wikipedia)], muito bem feita e aí a melhor previsão de tratamento para o paciente: -Sertonina/Dopamina C [visando aumentar a produção destes compontos no organismo] com as plantas: >grão-de-bico-30% [grãos] >chá-verde-20% [folha] >beldroega-20% [planta toda] >algodão-arbóreo-10% (mocó) [folha] >abacateiro-10% [casca ramos] >bananeira-10% [folha] -Contra-exitação C [evitando o aparecimento de períodos de grande excitação, ansiedade ou surtos de síndrome do pânico]: com as plantas: >lobeira [folhas]-30% >mulungu [casca ramos]-70% -Ansiedade [Campinas-S.B.B],para estados de ansiedades generalizada, com as plantas: >cana-de-açúcar-10% [gema apical] (folha da ponta) >lobeira-50% [folha] >falsa-melissa (erva-cidreira-de-rama)-10%[folha, flor] >mentrasto-10% [folha] >passiflora-20% [folha] -Calma [Dirceu] ansiolítico e equilibrador emocional para ser usado como um estabilizador emocional[diurno], sem comprometer a vida normal e sem apresentar efeitos colaterais previsíveis até agora, com as seguintes plantas: >Falsa-melissa-10% ramos floridos >Michoco [mulungu]- 10% casca e folhas >Artemísia-10% folhas >Cevada- 10% grãos >Passiflora -10% folha >Alecrim-10% folhas e ramos finos >Alfavaca-10% ramos floridos >Camonila-10% ramos floridos >Hortelã-10% ramos e folhas >Poejo-10% parte aérea -Antidepressivo [Dirceu]em casos de diagnóstico correto de depressão, mas em fase inicial, com as plantas: >artemisia [rizoma, flores] >ginkgo biloba [folha] >hipérico [folha] >hortelã rasteira [parte aérea] >mentrasto [folha] >passiflora [folha]
Dieta e Cuidados Recomendados : Pelas análises no organismo do paciente, devemos programar a sua dieta equilibradora: -excesso de receptores de acetil-colina >usar lítio oral e taurina -excesso de vanádio >usar vitamina C – deficiência de vitamina B e ácido fólico >usar Vitam. B e ácido fólico -deficiência de colina >usar lecitina [soja] -deficiencia de omega 3 >usar omega3 (OBS): procurar neste site no item {Alimento Funcionais}as fontes alimentares dos elementos indicados. http://www.sissaude.com.br/sis/inicial.php?case=2&idnot=482 ………………………………………… Recomendações para uma dieta saudável e estimuladora da produção de serotonina: Causas prováveis da falta deste composto nos organismos: >cultivo errado das plantas alimentícias> uso dos agrotóxicos [principalmente o uso do herbicida Glifosato [Roundup e outros]] >alimento pobre com baixos níveis de triptofano> baixa produção de serotonina> baixa produção de melatonina = depressão e ansiedade, síndrome do pânico, transtorno obsessivo-compulsivo, pertubação do sono, insônia e dificuldade de concentração. Os medicamentos procuram atingir unicamente os efeitos e não atingem as causas, que para serem atacadas precisam juntar os conhecimentos médicos, nutrologia, agronomia, bioquímica médica, para encontrar conclusões simples. Usando suplementos para aumentar a produção de serotonina, como o amino ácido triptofano, o magnésio, a vitamina B3 [niacina] e a vit. B6 [piridoxina], e por fim, cuidando do intestino para podermos absorver esses nutrientes, e produzir a serotonina [lembrem-se de que 80% da serotonina é produzida no intestino]. [Dr. Edmond Saab Jr.]

Pelas análises no organismo do paciente, devemos programar a sua dieta equilibradora: -excesso de receptores de acetil-colina >usar lítio oral e taurina -excesso de vanádio >usar vitamina C - deficiência de vitamina B e ácido fólico >usar Vitam. B e ácido fólico -deficiência de colina >usar lecitina [soja] -deficiencia de omega 3 >usar omega3 (OBS): procurar neste site no item {Alimento Funcionais}as fontes alimentares dos elementos indicados. http://www.sissaude.com.br/sis/inicial.php?case=2&idnot=482 ................................................ Recomendações para uma dieta saudável e estimuladora da produção de serotonina: Causas prováveis da falta deste composto nos organismos: >cultivo errado das plantas alimentícias> uso dos agrotóxicos [principalmente o uso do herbicida Glifosato [Roundup e outros]] >alimento pobre com baixos níveis de triptofano> baixa produção de serotonina> baixa produção de melatonina = depressão e ansiedade, síndrome do pânico, transtorno obsessivo-compulsivo, pertubação do sono, insônia e dificuldade de concentração. Os medicamentos procuram atingir unicamente os efeitos e não atingem as causas, que para serem atacadas precisam juntar os conhecimentos médicos, nutrologia, agronomia, bioquímica médica, para encontrar conclusões simples. Usando suplementos para aumentar a produção de serotonina, como o amino ácido triptofano, o magnésio, a vitamina B3 [niacina] e a vit. B6 [piridoxina], e por fim, cuidando do intestino para podermos absorver esses nutrientes, e produzir a serotonina [lembrem-se de que 80% da serotonina é produzida no intestino]. [Dr. Edmond Saab Jr.]