Isquemia cerebral (ajuda nos sintomas) g*

Plantas Relacionadas na Literatura : Cana-de-açúcar SF, .
Sintomas e Causas : A isquemia cerebral é uma redução localizada do fluxo sanguíneo ao cérebro, ou partes dele, devido a obstrução arterial ou hiperfusão sistemática. A isquemia cerebral também está conectada à hipoxia cerebral, se prolongada, e infarto cerebral. A isquemia cerebral é uma condição que causa dano cerebral irreversível. A interrupção do fluxo sanguíneo ao cérebro resulta em perda da consciência depois de 10 segundos. Os sintomas da isquemia cerebral podem ser muito rápidos, demorando apenas alguns segundos a alguns minutos. Os sintomas também podem durar períodos mais longos de tempo. Se o cérebro ficar irreversivelmente danificado e ocorrer infarto, os sintomas ficarão constantes. Os sintomas da isquemia cerebral dependem de que parte do cérebro está sendo privada de sangue e oxigênio. >>>>Esses sintomas pode incluir cegueira em um olho<<<<, fraqueza em uma perna ou um braço, fraqueza em todo um lado do corpo, tontura, vertigem, visão dupla, fraqueza generalizada, dificuldade em falar e perda de coordenação. Efeitos da isquemia cerebral Durante a isquemia cerebral o cérebro não consegue continuar o metabolismo aeróbico devido à perda de oxigênio e substrato. O cérebro não é capaz utilizar o metabolismo anaeróbico e não tem nenhuma energia para longo prazo armazenada, então os níveis de ATP caem rapidamente. Com a falta de sua energia, as células começam a perder a capacidade de manter os gradientes eletroquímicos. Essas perdas podem ocasionar graves desenvolvimentos desfavoráveis durante a isquemia cerebral, os quais são: influxo massivo de cálcio dentro do citosol, grande liberação de glutamato das vesículas sinápticas, lipólise, ativação calpaína e sequestro das síntese de proteínas. Ainda, a remoção de dejetos metabólicos é retardada. Similarmente à hipoxia cerebral, a isquemia cerebral grave ou prolongada pode resultar em perda da consciência, dano cerebral ou morte. Tipos de isquemia cerebral Há dois tipos de isquemia cerebral. O primeiro tipo é a isquemia cerebral focal. Basicamente, a isquemia cerebral focal é um derrame cerebral, o que significa que um coágulo sanguíneo bloqueou um vaso cerebral. O segundo tipo é a isquemia cerebral global, na qual o sangue para de fluir ou o fluxo sanguíneo diminui drasticamente. Uma das causas da isquemia cerebral global é parada cardiorrespiratória. Se a pessoa se recuperar da parada cardiorrespiratória o fluxo de sangue ao cérebro será restaurado e ela pode então ter uma isquemia cerebral global transiente se levou tempo significativo até a restauração do fluxo sanguíneo. A pessoa fica então em reperfusão, a qual é o dano feito ao tecido quando o suprimento de sangue retorna depois de período de isquemia. Depois da isquemia global, a maior parte do tecido cerebral é recuperado. Entretanto, o tecido que não se recupera é aquele que ajuda a pessoas a pensar e lembrar. Esse tecido está na área do cérebro chamada hipocampo. http://www.copacabanarunners.net/isquemia-cerebral.html
Tratamentos Propostos : Teles: informações indicam a planta CANA-DE-AÇÚCAR atuando nesta patologia para ajuda-la na ecuperação