Epilepsia; diversas formas (ajuda nos sintomas)

Plantas Relacionadas na Literatura : Algodão-de-seda , Artemísia comum (Isopo santo), Catinga-de-mulata , Cimicifuga [Erva-de-são-cristóvão] , Cipó-mil-homens (jarrinha), Coentro, Ginseng coreano [Panax ginseng] , Lobeira , Maracujá (várias espécies Passiflora spp) , Taiuiá, Tomba, .
Sintomas e Causas : Normalmente são sintomas de epilepsia: convulsões apresentando encolhimento dos dedos das mãos ou dos pés, produção intensa de saliva, (“baba”), movimentos rápidos do corpo batendo-se no chão, perda total dos sentidos, secreção espontânea de fezes e urina .

Tratamentos Propostos : Segundo Dirceu (dirceu@paz.org.br) tomar fórmula Epilepsia (composto), ou as plantas: artemísia, galo-do-campo, poderoso anti-inflamatório genérico e bem eficiente na epilepsia; Taiuiá (Tayuya spp) (na forma de mistura dos infusos/decoctos).
Doses: nas formulações aquosas: De 2 anos à 7 anos: uma colher de café. Do 7 ano até 12 anos: uma colher de chá. Mais de 12 anos: uma colher de sopa. Em todas as idades, usar 3 vezes ao dia. Na forma de pó seco da planta encapsulado: tomar 1 cápsula, 3 vezes ao dia, 15 minutos antes das refeições, “em estado de fome”, ou quando se fizer necessário. Na forma de pó das plantas encapsulado, tomar 1 cápsula, 3 vezes ao dia, em “estado de fome”, 10 minutos antes das refeições, ou quando se fizer necessário.
Indicação especial: uso interno, folhas, infuso, tintura, usar: Atemísia (Artemisia vulgaris).
Em avaliação no momento o uso interno da planta BUNIA, (que é única orquídea comestível, fonte do condimento usado mundialmente: baunilha).
Segundo Teles, uso interno do composto Teles EPILEPSIA C, ou as plantas em conjunto: ARTEMÍSIA, folhas, rizoma, flores, infuso, decoto; CORDÃO-DE-FRADE, folhas, ramos novos, infuso; galinho-do-campo , raiz, decocto; MULUNGU, casca, ramos finos, folhas, decocto; PASSIFLORA (MARACUJÁ-AÇÚ), folhas, infuso; TAIUÁ, planta toda, decocto, infuso.
Segundo Dr.Degmar usar as plantas para cefaleia (buscar neste site ). Uso de Tanaceto (Tanacetum partheinum), pois inibe a secreção de serótina das plaquetas, inibe a produção de substâncias inflamatórias como prostaglandinas, leucotrienos, tromboxanos -usar pó-200 a 400 mg/dia; Ginkgo (Ginkgo biloba), folhas, extrato seco; Aluma , boldo japonês (Vernonia condensata), folhas, tintura infuso, pó; Melissa (Melissa officinalis), folhas, tintura, infuso; Alfazema (Lavandula vera), planta toda, tintura, infuso; Guaraná (Paulinia cupana), frutos, pó; Girassol (Hellianthus annus), semente em pó, tintura; Erva-cidreira-de-rama (Lippia alba), flores e folhas; Laranjeira comum ou doce, (Citrus sinensis), flor, infuso, tintura, xarope; Noz moscada (Myristica fragans), noz ralada, decoção; Trombeteira (Datura stramonium), folhas, D1 (farmacêutica); Verbena (Verbena officinalis), planta toda, cefaléias pré-menstruais; Alecrim (Rosmarinus officinalis), partes aéreas, neurotônico, pacientes com neurastenia.
Para epilepsia, Dr. Degmar recomenda: Artemísia (Artemis vulgaris), planta toda, decocto; Maracujá (Passiflora spp), folha, flor, infuso; Cordão-de-frade (Leonitis nepetaefolia), planta toda, decocto; Valeriana (Valeriana officinalis), raiz, decocto; Mulungu (Erytrina mulungu), entrecasca, decocto; Tomate (Solanum lycopesrsicum, na forma de suco, sem agrotóxico, 2 a 3 vezes ao dia, 1 copo
(Teles: na incerteza dos frutos estarem limpos, usar 1 colher de sopa de cal de pintura (Ca(OH)2), em 1 litro de água, e mergulhar os tomates durante 30 minutos para desestruturar as moléculas dos organofosforados pelo aumento de alcalinidade do meio (pH))

 

Segundo Abdalla: cortar todos os excitantes (café, chá, chocolate, refrigerantes diet), diminuir sal, cortar gorduras saturadas. Para os casos de cefaléia provocadas pela patologia , segundo Abdalla: dieta: evitar café, refrigerantes, chocolate, queijos amarelos e curados, nozes, defumados (bacon), embutidos, álcool, abacaxi, aspartame, leite de vaca, doces em excesso, gordurosos, trigo, ovos. Evita ficar um longo período sem comer. Jantar leve. Segundo: Alimentos Saudáveis & Alimentos Perigosos - Reader´s Digest : evitar: o adoçante artificial aspartame; álcool; qualquer alimento que possa dar início aos ataques ou que possa interagir com os anticonvulsivantes. A mais nova descoberta é que uma dieta rica em gordura, simula um período de jejum em crianças que não respondem aos anticonvulsivantes, (o jejum prolongado, desde 1900 já se sabe, evita os ataques epiléticos), sem o inconveniente da fome. Tal dieta deve ser feita por especialista por ter ações metabólicas complexas e perigosas se for feita sem controle.

Terapias Auxiliares e Observações Farmacêuticas: TELES: Recentemente [data de hoje: 27 de julho de 2014], O jornal Folha de São Paulo, publicou uma nota, afirmando que um médico do ESP, entrou com uma ação judicial, solicitando autorização para importar dos EUA, um medicamento recente, fabricado a partir de um componente da planta Maconha, pois a mesma dá um ótimo controle em um tipo de epilepsia [a mais grave e danosa delas], pois já fez uso em filho de 6,5 anos de idade, com resultado muito satisfatório. Tal produto contudo, ainda está proibida sua importação pois ainda não foi licenciado pela Anvisa para ser comercializado. Nos EUA, sua produção e comercialização estão liberados, e sua importação ainda é clandestina

Dieta e Cuidados Recomendados : Segundo Abdalla: cortar todos os excitantes (café, chá, chocolate, refrigerantes diet), diminuir sal, cortar gorduras saturadas. Para os casos de cefaléia provocadas pela patologia , segundo Abdalla: dieta: evitar café, refrigerantes, chocolate, queijos amarelos e curados, nozes, defumados (bacon), embutidos, álcool, abacaxi, aspartame, leite de vaca, doces em excesso, gordurosos, trigo, ovos. Evita ficar um longo período sem comer. Jantar leve. Segundo: Alimentos Saudáveis & Alimentos Perigosos – Reader´s Digest : evitar: o adoçante artificial aspartame; álcool; qualquer alimento que possa dar início aos ataques ou que possa interagir com os anticonvulsivantes. A mais nova descoberta é que uma dieta rica em gordura, simula um período de jejum em crianças que não respondem aos anticonvulsivantes, (o jejum prolongado, desde 1900 já se sabe, evita os ataques epiléticos), sem o inconveniente da fome. Tal dieta deve ser feita por especialista por ter ações metabólicas complexas e perigosas se for feita sem controle.

 

Dieta e Cuidados Recomendados :
Segundo Abdalla: cortar todos os excitantes (café, chá, chocolate, refrigerantes diet), diminuir sal, cortar gorduras saturadas. Para os casos de cefaléia provocadas pela patologia , segundo Abdalla: dieta: evitar café, refrigerantes, chocolate, queijos amarelos e curados, nozes, defumados (bacon), embutidos, álcool, abacaxi, aspartame, leite de vaca, doces em excesso, gordurosos, trigo, ovos. Evitar ficar um longo período sem comer. Jantar leve. Segundo: Alimentos Saudáveis & Alimentos Perigosos – Reader´s Digest : evitar: o adoçante artificial aspartame; álcool; qualquer alimento que possa dar início aos ataques ou que possa interagir com os anticonvulsivantes. A mais nova descoberta é que uma dieta rica em gordura, simula um período de jejum em crianças que não respondem aos anticonvulsivantes, (o jejum prolongado, desde 1900 já se sabe, evita os ataques epiléticos), sem o inconveniente da fome. Tal dieta deve ser feita por especialista por ter ações metabólicas complexas e perigosas se for feita sem controle.