Desiquilibrio hormonal masculino, testosterona, libido, infertilidade,]]}}

Plantas Relacionadas na Literatura : Alcaçuz SF, .
Sintomas e Causas : SINTOMAS DO DESEQUILÍBRIO HORMONAL MASCULINO QUE SE CORRIGIDO PRECOCEMENTE EM ALGUNS CASOS PODE CORRIGIR O PROBLEMA – ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA. A prolactina, a testosterona e o estrogênio são algumas dos muitos hormônios produzidos no corpo do sexo masculino. De todos esses hormônios, a testosterona é responsável por manter e expressar as características masculinas, como pelos faciais, pelos do corpo, à produção de esperma e manutenção dos músculos e ossos. Os sintomas de desequilíbrio hormonal nos homens muitas vezes são facilmente identificáveis. Libido é um termo usado para descrever o desejo sexual em homens e mulheres. Baixo desejo sexual ocorre quando um indivíduo perde todo o desejo de ser sexualmente ativo. Baixos níveis de testosterona e altos níveis de prolactina, um hormônio responsável pela produção de leite materno – pode causar este problema. Cerca de dois terços dos homens que têm níveis elevados de prolactina nos órgãos perdem o interesse em sexo e desenvolvem a disfunção erétil também. Uma condição na qual um homem é incapaz de manter uma ereção por tempo suficiente para ter relação sexual satisfatória é referida como a disfunção eréctil. Nesta condição, a ereção pode não ser alcançada ou uma vez estabelecida, a ereção é perdida durante a relação sexual. Altos níveis de prolactina, níveis baixos de testosterona e um desequilíbrio nos níveis hormonais da tireóide – hormônios que determinam o quão rápido os processos ocorrem no corpo – podem levar à disfunção erétil. Os homens produzem testosterona e estrogênio.
==============================================================
leia mais textos do mesmo assunto abaixo
O estrogênio é responsável pela expressão de características do sexo feminino, tais como aumento da mama. Um desequilíbrio hormonal que implica um aumento nos níveis de estrogênio e uma diminuição na testosterona leva ao aumento mamário nos homens. O termo médico para esta doença é a ginecomastia. Galactorréia é uma condição na qual uma mulher que não está amamentando começa a produzir o leite materno. Esta condição pode também afetar os homens que sofrem de certos desequilíbrios hormonais. É causada por níveis sanguíneos elevados de níveis de prolactina e de baixo de testosterona no corpo. A prolactina é produzida na glândula pituitária de homens e mulheres.Um homem é dito infértil quando não consegue ter filhos após ter atividade sexual regularmente, relação sexual desprotegida por aproximadamente um ano. Esta condição pode ser causada por baixa contagem de espermatozoides ou baixa qualidade do esperma. Infertilidade pode ser um sintoma de desequilíbrio hormonal em homens, porque vários hormônios estão envolvidos na produção de esperma. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, o processo de fertilidade começa com a produção do hormônio liberador de gonadotrofina no hipotálamo. Este hormônio estimula a hipófise a liberar dois hormônios, conhecidos como o hormônio folículo-estimulante e o hormônio luteinizante. Estes dois hormônios estão diretamente envolvidos na produção de esperma, porque hormônio folículo-estimulante é responsável por manter a produção de espermatozoides, enquanto o hormônio luteinizante garante a produção de testosterona. A deficiência de hormônio liberador de gonadotrofinas pode resultar em hormônio folículo-estimulante e hormônio luteinizante em baixos níveis, que pode levar a baixa ou nenhuma produção de espermatozoides. AUTORES PROSPECTIVOS Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como saber mais: 1. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, o processo de fertilidade começa com a produção do hormônio liberador de gonadotrofina no hipotálamo… http://gorduraabdominal.blogspot.com 2. Um desequilíbrio hormonal que implica um aumento nos níveis de estrogênio e uma diminuição na testosterona leva ao aumento mamário nos homens… http://gorduravisceral.blogspot.com 3. Baixo desejo sexual ocorre quando um indivíduo perde todo o desejo de ser sexualmente ativo… http://esteatosehepatica.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Prof.Dr. João Santos Caio Jr, endocrinologista,neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, endocrinologista,medicina interna-Van Der Häägen Brazil – São Paulo –Brasil; Fundação hormonal: Diminuição da libido; MayoClinic.com: ginecomastia (aumento das mamas em homens); Universidade de Maryland Medical Center: Infertilidade em homens – Introdução; MedlinePlus: Problemas de ereção; Manuais Merck Medical Library Online: Galactorréia. Contato: Fones: 55(11) 5087-4404 ou 6197-0305 Nextel: 55(11) 7717-1257 ID:111*101625 Rua Estela, 515 – BlocoD -12ºandar – Conj 121/122 Paraiso – São Paulo – SP – Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Clinicas Caio http://drcaiojr.site.med.br/ http://dracaio.site.med.br/ Site Van Der Haagen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17 Postado por Dr João Santo——————————————————————— Andropausa O equivalente masculino da menopausa O processo de menopausa nas mulheres tem seu equivalente nos homens: a andropausa ou deficiência androgênica progressiva do envelhecimento masculino. Ela é muito mais gradual do que a feminina. Mas é real. Começa ao redor dos 35 anos com pequenas mudanças na maneira de pensar e agir, é tudo muito sutil, e por volta da quarta década de vida o homem está acomodado com a diminuição da energia, da acuidade mental, do desejo sexual, perda de massa muscular, pneuzinho na cintura, etc. Ele nem percebeu a mudança, e um dia, de repente, acorda e se dá conta de que não é mais o mesmo. Hormônios em baixa A andropausa, assim como a menopausa, é causada pela diminuição do nível de hormônios, primariamente a testosterona e secundariamente o hormônio do crescimento e o DHEA (dehidroepiandrosterona). O grau de envelhecimento do homem vai depender do declínio desses hormônios e do seu estilo de vida (alimentação, exercício físico, nível de stress, tabagismo, uso de álcool, drogas e medicamentos). Doença ou deficiência hormonal? A deficiência hormonal é o problema de saúde menos compreendido no homem com mais de 40 anos, levando a diagnósticos errôneos. Muitas das doenças que o homem de meia-idade apresenta, incluindo depressão, ganho de peso, aumento da gordura visceral, doenças cardíacas e prostáticas, diabetes e hipertensão, disfunções urinárias e sexuais, estão diretamente ligadas ao desequilíbrio ou deficiência hormonal, o que pode ser corrigido através da reposição criteriosa de precursores hormonais,>> fitoterápicos <<, nutrientes, e hormônios bioidênticos, dependendo de cada caso específico. Infelizmente, ainda é comum a prescrição de medicamentos para tratar os sintomas de problemas http://www.tamaramazaracki.med.br/para_ele.htm
Tratamentos Propostos : Ver texto de plantas com efeito de fitosterois na janela Plantas medicinais neste site, usando a busca por compostos existentes nas plantas A litratura cita como planta para auxiliar nestes casos o ALCAÇUZ.
Dieta e Cuidados Recomendados :
Terapias Auxiliares e Observações Farmacêuticas: Teles: Consulta a um Endocrinologista, com suas solicitações de exames laboratoriais, avaliações gerais e orientação de hábitos e costumes, pode e deve ser um padrão comportamental natural e espontâneo em homens com aparecimento de estados de depauperação física e/ou emocional[próximo da andropausa], ou comportamentos estranhos no ato de urinar [dores, cor fora do padrão, etc.].

 

Sintomas e Causas : SINTOMAS DO DESEQUILÍBRIO HORMONAL MASCULINO QUE SE CORRIGIDO PRECOCEMENTE EM ALGUNS CASOS PODE CORRIGIR O PROBLEMA – ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA. A prolactina, a testosterona e o estrogênio são algumas dos muitos hormônios produzidos no corpo do sexo masculino. De todos esses hormônios, a testosterona é responsável por manter e expressar as características masculinas, como pelos faciais, pelos do corpo, à produção de esperma e manutenção dos músculos e ossos. Os sintomas de desequilíbrio hormonal nos homens muitas vezes são facilmente identificáveis. Libido é um termo usado para descrever o desejo sexual em homens e mulheres. Baixo desejo sexual ocorre quando um indivíduo perde todo o desejo de ser sexualmente ativo. Baixos níveis de testosterona e altos níveis de prolactina, um hormônio responsável pela produção de leite materno – pode causar este problema. Cerca de dois terços dos homens que têm níveis elevados de prolactina nos órgãos perdem o interesse em sexo e desenvolvem a disfunção erétil também. Uma condição na qual um homem é incapaz de manter uma ereção por tempo suficiente para ter relação sexual satisfatória é referida como a disfunção eréctil. Nesta condição, a ereção pode não ser alcançada ou uma vez estabelecida, a ereção é perdida durante a relação sexual. Altos níveis de prolactina, níveis baixos de testosterona e um desequilíbrio nos níveis hormonais da tireóide – hormônios que determinam o quão rápido os processos ocorrem no corpo – podem levar à disfunção erétil. Os homens produzem testosterona e estrogênio.
==============================================================
leia mais textos do mesmo assunto abaixo
O estrogênio é responsável pela expressão de características do sexo feminino, tais como aumento da mama. Um desequilíbrio hormonal que implica um aumento nos níveis de estrogênio e uma diminuição na testosterona leva ao aumento mamário nos homens. O termo médico para esta doença é a ginecomastia. Galactorréia é uma condição na qual uma mulher que não está amamentando começa a produzir o leite materno. Esta condição pode também afetar os homens que sofrem de certos desequilíbrios hormonais. É causada por níveis sanguíneos elevados de níveis de prolactina e de baixo de testosterona no corpo. A prolactina é produzida na glândula pituitária de homens e mulheres.Um homem é dito infértil quando não consegue ter filhos após ter atividade sexual regularmente, relação sexual desprotegida por aproximadamente um ano. Esta condição pode ser causada por baixa contagem de espermatozoides ou baixa qualidade do esperma. Infertilidade pode ser um sintoma de desequilíbrio hormonal em homens, porque vários hormônios estão envolvidos na produção de esperma. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, o processo de fertilidade começa com a produção do hormônio liberador de gonadotrofina no hipotálamo. Este hormônio estimula a hipófise a liberar dois hormônios, conhecidos como o hormônio folículo-estimulante e o hormônio luteinizante. Estes dois hormônios estão diretamente envolvidos na produção de esperma, porque hormônio folículo-estimulante é responsável por manter a produção de espermatozoides, enquanto o hormônio luteinizante garante a produção de testosterona. A deficiência de hormônio liberador de gonadotrofinas pode resultar em hormônio folículo-estimulante e hormônio luteinizante em baixos níveis, que pode levar a baixa ou nenhuma produção de espermatozoides. AUTORES PROSPECTIVOS Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como saber mais: 1. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, o processo de fertilidade começa com a produção do hormônio liberador de gonadotrofina no hipotálamo… http://gorduraabdominal.blogspot.com 2. Um desequilíbrio hormonal que implica um aumento nos níveis de estrogênio e uma diminuição na testosterona leva ao aumento mamário nos homens… http://gorduravisceral.blogspot.com 3. Baixo desejo sexual ocorre quando um indivíduo perde todo o desejo de ser sexualmente ativo… http://esteatosehepatica.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Prof.Dr. João Santos Caio Jr, endocrinologista,neuroendocrinologista, Dra Henriqueta Verlangieri Caio, endocrinologista,medicina interna-Van Der Häägen Brazil – São Paulo –Brasil; Fundação hormonal: Diminuição da libido; MayoClinic.com: ginecomastia (aumento das mamas em homens); Universidade de Maryland Medical Center: Infertilidade em homens – Introdução; MedlinePlus: Problemas de ereção; Manuais Merck Medical Library Online: Galactorréia. Contato: Fones: 55(11) 5087-4404 ou 6197-0305 Nextel: 55(11) 7717-1257 ID:111*101625 Rua Estela, 515 – BlocoD -12ºandar – Conj 121/122 Paraiso – São Paulo – SP – Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Clinicas Caio http://drcaiojr.site.med.br/ http://dracaio.site.med.br/ Site Van Der Haagen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17 Postado por Dr João Santo——————————————————————— Andropausa O equivalente masculino da menopausa O processo de menopausa nas mulheres tem seu equivalente nos homens: a andropausa ou deficiência androgênica progressiva do envelhecimento masculino. Ela é muito mais gradual do que a feminina. Mas é real. Começa ao redor dos 35 anos com pequenas mudanças na maneira de pensar e agir, é tudo muito sutil, e por volta da quarta década de vida o homem está acomodado com a diminuição da energia, da acuidade mental, do desejo sexual, perda de massa muscular, pneuzinho na cintura, etc. Ele nem percebeu a mudança, e um dia, de repente, acorda e se dá conta de que não é mais o mesmo. Hormônios em baixa A andropausa, assim como a menopausa, é causada pela diminuição do nível de hormônios, primariamente a testosterona e secundariamente o hormônio do crescimento e o DHEA (dehidroepiandrosterona). O grau de envelhecimento do homem vai depender do declínio desses hormônios e do seu estilo de vida (alimentação, exercício físico, nível de stress, tabagismo, uso de álcool, drogas e medicamentos). Doença ou deficiência hormonal? A deficiência hormonal é o problema de saúde menos compreendido no homem com mais de 40 anos, levando a diagnósticos errôneos. Muitas das doenças que o homem de meia-idade apresenta, incluindo depressão, ganho de peso, aumento da gordura visceral, doenças cardíacas e prostáticas, diabetes e hipertensão, disfunções urinárias e sexuais, estão diretamente ligadas ao desequilíbrio ou deficiência hormonal, o que pode ser corrigido através da reposição criteriosa de precursores hormonais,>> fitoterápicos <<, nutrientes, e hormônios bioidênticos, dependendo de cada caso específico. Infelizmente, ainda é comum a prescrição de medicamentos para tratar os sintomas de problemas http://www.tamaramazaracki.med.br/para_ele.htm

mais textos do mesmo assunto