Esquizofrenia, depressão, insônia, e problemas nervosos Alimentos favoraveis ++

Substâncias

Baixos níveis de ácido fólico, selênio, zinco e vitaminas do complexo B estão associadas ao baixo desempenho mental. Fígado, algas marinhas, castanha do Pará e amendoim são boas fontes destas substancias. Serotonina é um neurotransmissor; quando em níveis baixos no cérebro, associa-se a estados de depressão, insônia e agressividade. Quando em níveis elevados[ou normais], associa-se a estados de bem-estar, calma e plenitude.Em níveis exagerados pode provocar excesso de satisfação provocando até dependência. A ingestão de alimentos ricos em carboidratos tais como massas, batata, mandioca, arroz e feijão, induz ao aumento dos níveis de serotonina no cérebro. Noz pecan, banana e abacaxi contêm níveis significativos de L-triptofano [precursores formadores de serotonina no nosso organismo], que (embora não se tenham evidências concretas), quando ingeridas, poderiam contribuir para a elevação do nível deste neurotrasmissor Na composição da serotonina existe um aminoácido essencial denominado L-triptofano, que, se não o obtivermos através da ingestão de alimentos não conseguiremos produzir serotonina. O L-triptofano é também essencial para a produção de vitaminas B (niacina). Ele pode ser plenamente obtido através da ingestão de feijões e favas em geral, grão-de-bico, espinafre, couve, aspargo, sementes de girassol, de abóbora e de pitasche, além dos alimentos ricos em L-triptofano que formam a serotonina, citados acima. Ver mais dados em DOENÇAS NESTE SITE. Melhoras em relação à sintomalogia de esquizofrenia foram observados em pacientes que receberam suplementação de acido-ômega-3, encontrado em abundância em peixes como o salmão, a sardinha, a anchova, a tainha e a truta.