Câncer (prevenção) : desintoxicação – frutas cítricas, aipo

Substâncias

Limonóides

             O conceito de alimentos funcionais ainda não obteve consenso, mas podemos considerá-los como “Alimento semelhante em aparência aos alimentos convencionais, consumidos como parte da dieta, que produz benefício específico à saúde, além de satisfazer os requerimentos nutricionais” ou “alimentos, em forma natural ou processada, que contêm níveis significantes de componentes ativos biologicamente que, além da nutrição básica, trazem benefícios à saúde, à capacidade física e ao estado mental”.

             Para ilustrar, consideremos o exemplo do arroz.
O arroz integral possui um processamento mínimo, que mantém incólumes as substâncias que compõem o grão. Assim, o arroz integral possui alto teor de fibras – importantes para a regulação intestinal e da taxa do colesterol sanguíneo, de fitatos – que protegem o organismo da ação tóxica de metais pesados, de ácidos graxos insaturados, além das proteínas e vitaminas. Já o arroz processado perde a maioria destas substâncias durante a industrialização. Portanto, o arroz integral pode enquadrar-se na categoria de alimento funcional, o mesmo não ocorrendo com o arroz processado.

             A literatura referencia alguns critérios estabelecidos para determinação de um alimento funcional, tais como: exercer ação metabólica ou fisiológica que contribua para a saúde física e para a diminuição das morbidades crônicas; integrar a alimentação usual; os efeitos positivos devem ser obtidos em quantidades não tóxicas, perdurando mesmo após suspensão de sua ingestão; e, por fim, os alimentos funcionais não são destinados ao tratamento ou cura de doenças, estando seu papel ligado à redução do risco de contrair doenças.

             Os alimentos funcionais foram descobertos através da baixa incidência de doenças em alguns povos, que chamou a atenção para a sua dieta. Os esquimós, com sua alimentação baseada em peixes e produtos do mar ricos em ômega 3 e 6, têm baixo índice de problemas cardíacos, assim como os franceses consumidores de vinho tinto. Os orientais, devido ao consumo de soja, que contém fitoestrogênios, têm pouco câncer de mama. Nesses países, o costume de consumir frutas e verduras também resulta em uma redução do risco de doenças coronarianas e de câncer, comprovada por dados epidemiológicos.

             Alguns compostos bioativos dos alimentos funcionais

1) Ácidos graxos

             Grupo composto pelos ácidos graxos poliinsaturados, destacando-se as séries ômega 3 e 6 encontradas em peixes de água fria (salmão), óleos vegetais, semente de linhaça , nozes e alguns tipos de vegetais. Encontram-se relacionados com a prevenção de doenças cardiovasculares, através da redução dos níveis de triglicerídeos e colesterol, aumentando a fluidez sanguínea e reduzindo a pressão arterial.

2) Oligossacarídeos e polissacarídeos

             Os oligossacarídeos e os polissacarídeos são conhecidos Intensificam a desintoxicação. Bloqueiam carcinogênicos.
(Drs. Murray, Birdsall, Pizzorno, Reilly. Como prevenir e tratar o câncer com Medicina Natural. 2005)