Chicória

Nome cientifico: Chicorium intybus, Chicorium endivia, L.

Sinonímia: Escarola, almeirão, chicórea, chicória-amarga, chicória-selvagem.

Composição Química:

Substâncias amargas, inulina, chicorina, intibina, proteínas, mucilagem, tanino, matérias pépticas e sais minerais, heterosídeos.


Dados para Cultivo

Propagação: sementes (1-1,4 kg/ha)

Espaçamento: definitivo: 30 x 30 x 40 cm

Época de Plantio: planalto: março-setembro; serra: ano todo; entresafra: fevereiro-março;

Época Colheita: folhas e raiz: 80-100 dias após semeadura.


Informações Gerais

Valor Alimenticio:

Fonte de Vit. A, B1, B2, Niacina, Vit. C. Consumir preferencialmente crua, mas pode ser cozida levemente.


Uso Medicinal

Uso Normal:

Digestivo, estimula o apetite, tônica, depurativa do sangue, mineralizante, laxante, diurética, vermífuga, antiescorbútica, emenagogo, contra afecções do fígado, vesícula e rins, amenorreia, obstrução dos ovários, artritismo, atonia dos intestinos, doenças do estômago, ativa função biliar, olhos inflamados (banho com decoção fria das flores). Raízes, uso interno, suco, 4 colheres de sopa ao dia: hemorroidas, gota, afecções hepáticas, bronquites crônicas, escarros hemoptoicos [ com presença de sangue]. Chá preparado com folhas e raízes, com 5 g por xícara de água sem cloro, como diurético, levemente laxante, estomacal e anti-inflamatório do fígado e intestinos.

Características:

Subarbusto anual ou bianual, ereto, lactescente, ramificado, de caule rígido e anguloso, de 30-110 cm de altura, originário da Europa, plantado no sul e sudeste do Brasil, tem folhas simples, com margens partidas irregularmente, membranáceas, curto-pecioladas, com cerca de 15 cm de comprimento; tem inflorescência tipo capítulo axilares, cor azul-céu, com flores laterais com longas pétalas, que tem o hábito de abrir na parte da manhã e fechar-se à tarde. Emprega-se desde a 4 mil anos antes de Cristo.
………………………………………………
A chicória (Cichorium intybus) é uma planta arbustiva perene, com
> tubérculo em forma de cenoura (mas mais volumoso), utilizado torrado na
> produção de um substituto de café, e folhas escuras ricas em fibras, no  Brasil consumidas cruas ou cozidas, e de uso industrial na produção da > fibra solúvel inulina.
prmister@hotmail.com

Foto:

Foto 2:

Foto 3: