Gravidez: (transtornos da) (ajuda nos sintomas)

Plantas Relacionadas na Literatura : Maçã  .
Sintomas e Causas : Distúrbios que ocorrem durante o período da gravidez, caracterizados por prostração da mulher e enfraquecimento geral.
Segundo: Alimentos Saudáveis & Alimentos Perigosos – Reader´s Digest: durante este período a necessidade de alguns elementos quase que dobra. A dieta deve ser orientada para tipo com cuidado pois, mulheres gordas podem ter risco de ter diabete durante a gravidez, e as mulheres muito magras podem ter bebês com peso abaixo do normal.
Mulheres alcoólatras são sujeitas a terem bebês com síndrome alcoólica fetal, com inúmeros problemas gravíssimos para os filhos.
O uso do cigarro também cria condições de risco de aborto e baixo peso ao nascer, além de aumentar a incidência de morte prematura (síndrome da morte súbita), asma e outros problemas respiratórios.
O ganho de peso ótimo para uma gravidez, pela Academia Nacional de Ciências/ Instituto de Medicina dos EUA é de 11 a 16 quilos (antes era de 9 a 11 kg).
Mulheres obesas não devem tentar perder peso durante a gravidez para não expor o feto à riscos.

Tratamentos Fitoterápicos Propostos

Tratamentos Propostos :
Dirceu (dirceu@paz.org.br) recomenda nos seguintes transtornos: a)no caso de fraqueza geral, tomar o composto: Vita;
b)no caso de enjoos: tomar o composto Vita e praticar meditação para acalmar.
A Literatura cita também o uso da planta Funcho para reduzir o enjoo.
Como orientação geral, priorizar o uso dos Programas Neo-natal, oferecidos pelo Sistema Nacional de Saúde, assim com seus devidos exames de controle da gestação.
No caso de gravidez com HIV positiva, usar o composto Dirceu Francisco-de-Assis, juntamente com o composto Vita (ambos dirceu@paz.org,br).
Segundo Dr. Degmar, podemos usar (com acompanhamento médico) nos enjoos e hiperemese gravídica: Gengibre (Zingiber officinalis), infuso, extrato fluido; Hortelã (Mentha spp), infuso diluído a 2%- 10 ml/kg/dia; Dente-de-leão (Taraxacum officinalis), Umeboshi, bolotas de ameixa (Prunus spp), comer os frutos, ou apenas mastigar e jogar fora. Plantas usadas para ameaça de aborto (usar com acompanhamento médico): Vitex (Vitex agnus-castus), para os casos em que os níveis de progesterona são relativamente baixos; Helonias (Chamaelirium luteum), regulador hormonal; Inhame-mexicano (Dioscorea villosa), Viburno (Viburnum opulus), para minimizar cólicas uterinas, Bolsa-de-pastor (Capsella bursa-pastoris), para os casos de hemorragia eminente.

Segundo: Alimentos Saudáveis & Alimentos Perigosos - Reader´s Digest: comer bastante: carne magra, aves peixe, feijões, lentilhas e ovos por causa das proteínas e para obtenção do ferro; leite e derivados, sardinha e salmão em lata (com espinhas [cuidados !!) e outros alimentos ricos em cálcio; frutas cítricas, verduras escuras, leguminosas, cereais integrais e cereais em flocos enriquecidos para obter folato. Reduzir o consumo de: alimentos gordurosos; doces balas e bombons; café e outras bebidas cafeinadas. Evitar: álcool e cigarro; qualquer tipo de remédio, exceto os receitados pelo médico (para evitar risco na formação anomal do feto).

Dieta e Cuidados Recomendados :
Segundo: Alimentos Saudáveis & Alimentos Perigosos – Reader´s Digest: comer bastante: carne magra, aves peixe, feijões, lentilhas e ovos por causa das proteínas e para obtenção do ferro; leite e derivados, sardinha e salmão em lata (com espinhas [cuidados !!) e outros alimentos ricos em cálcio; frutas cítricas, verduras escuras, leguminosas, cereais integrais e cereais em flocos enriquecidos para obter folato.
Reduzir o consumo de: alimentos gordurosos; doces balas e bombons; café e outras bebidas cafeinadas.
Evitar: álcool e cigarro; qualquer tipo de remédio, exceto os receitados pelo médico (para  evitar risco na formação anormal do feto).