Dermatose por impureza sanguínea (ajuda nos sintomas) ]]}}

Plantas Relacionadas na Literatura : Amaroleite, Carobinha-do-campo +, Ipê roxo+, .
Sintomas e Causas : Processo inflamatório em indivíduos constituicionalmente seborréicos[apresentando grande produção de gordura nas glândulas seborréicas da pele]: etiologia desconhecida, formando lesões eritêmato-escamosas, aparecendo no couro cabeludo, região retroauricular, sulco nasogeniano, regiões pré-esteral e interes-capulovertebral.
Tratamentos Propostos : Indicação especial Abdalla: Amaruleite (da folha miuda e folha larga), folhas, infuso, tintura, uso interno, evitar raiz, ver dados da planta; uso interno, Carobinha-do-campo, planta toda, decocto, tintura [ver dados da planta]; Chapéu-de-couro (Echinodorus macrophyllus), [podendo-se usar as duas espécies conhecidas: de folha grande e folha menor]; Dirceu/Accorsi: Ipê-roxo (Tabebuia), ver dados da planta. Segundo Dirceu um dos melhores depurativos disponíveis é a Japecanga-vermelha (Smilax japecanga), planta da família da Salsaparrilha; poderosa nas dermatoses genéricas: Taiuiá (Tayuya spp). Uso interno, composto Dirceu: Depur. No caso de preparados na forma aquosa usar: até 2 anos: 1 gota/kg; de 3 anos à 7 anos: uma colher de café; de 7 até 12 anos: uma colher de chá; mais de 12 anos: uma colher de sobremesa. Em todas as idades, usar 3 vezes ao dia. No caso de usar na forma de cápsulas contendo pó seco e moído da mistura de plantas indicadas ou de uma planta, tomar 1 cápsula, 3 vezes ao dia, 15 minutos antes das refeições,”em estado de fome”, ou quando se fizer necessário. Segundo Dr. Degmar: plantas habitualmente usadas em problemas dermatológicos: Bardana (Arctium lappa), folhas, raiz, infuso, decocto; Milirramas (Achillea millifolium), planta toda, infuso, decocto; Bérberis (Berberis vulgaris), Chapéu-de-couro (Echinodorus macrophyllus), folhas, infuso; Fumaria (Fumaria officinalis); Urtiga (Urtica dioica), folhas, infuso; Calêndula (Calendula officinalis), flores, infuso, uso interno e externo; Amor-perfeito (Viola tricolor), folhas e flores, infuso; Ipê-roxo (Tabebuia avellanedae), entrecasca, decocto, tintura; Guaçatonga (Casearia sylvestris), folhas, infuso; Inhame (Dioscorea spp), tubérculo, decocto, tintura; Feijão-guandú (Cajanus cajan), folhas, infuso; Dente-de-leão (Taraxacum officinalis), planta toda, decocto, infuso; Língua-de-vaca (Chaptalia nutans), folhas, infuso; Picão-preto (Bidens pilosa), folhas, infuso; Tuia (Thuya officinalis), folhas, infuso; Velame-branco (Croton campestris), raiz, decocto, tintura; Açafroeira (Curcuma longa), rizomas, decocto, tintura; Zedoária (Curcuma zedoaria), rizoma, decocto, tintura; Trevo-roxo (Trifolium pratensis), folhas, banho do infuso, uso externo. Segundo Alfonsas Balbachas -1959 – As Plantas Curam: altéia; plantas de uso genérico na pele: amor-perfeito; angélica; aroeira; bardana; batata-de-purga; camomila-da-alemanha; capuchinha-grande; caroba; cavalinha; cerefólio; cinco-folhas; coclaária; curraleira; erva-de-bugre; erva-moura; fedegoso; fumária; guaiaco; guapeva; inhame-branco; inhame-roxo; japecanga; limão; língua-de-vaca; maravilha; marinheiro; milirramas; melão-de-são-caetano; marupá-do-campo; sabugueiro; salsaparrilha; sassafrás; sete-sangrias; taiuiá; trapueraba; urtiga-vermelha; velame-do-campo; velame-do-mato.Fazer dieta leve, com mínimo de gordura de animais, carnes, ácidos, molhos fortes, enlatados, corantes, conservantes, manga, álcool, chocolate, leite, etc
Dieta e Cuidados Recomendados : Dirceu: Dieta recomendada durante o tratamento: cortar margarinas, manteigas, carne vermelha, frituras gerais, refrigerantes (mesmo diet e tipo cola), todo tipo de gordura mesmo chocolates, usar leite desnatado com aveia fina (Oat brean), 2 vezes ao dia

Dirceu: Dieta recomendada durante o tratamento: cortar margarinas, manteigas, carne vermelha, frituras gerais, refrigerantes (mesmo diet e tipo cola), todo tipo de gordura mesmo chocolates, usar leite desnatado com aveia fina (Oat brean), 2 vezes ao dia.