Pseudodermatites de contato por plantas

Nome Científico: /www.anaisdedermatologia.org.br/public/artigo.aspx

Orgão da Planta:

Pseudodermatites de contato por plantas Provocadas por inseticidas ou pesticidas, fertilizantes, são mais observadas em lavradores, fazendeiros, jardineiros e outros trabalhadores que têm contato freqüente com esses produtos. Esse tipo de dermatite pode ser causada também por substâncias produzidas por fungos e/ou ácaros que se desenvolvem nas plantas e, às vezes, pelo contato com lagartas, como a tatarana ou lagarta-de-fogo, e outros seres que fazem parte do mesmo habitat natural. Muito freqüente tem sido a observação de prurido e prurigo relacionados com o manuseio de cereais armazenados ou estocados, particularmente milho e feijão, provavelmente pela presença de fungos e ácaros, já que a dermatite pode aparecer mesmo quando não é usado inseticida ou outro produto químico. Falsas DCP atribuídas à aroeira do sertão (Myracrodruon urundeuva), são comuntente mencionadas, especialmente relacionadas com banhos medicinais. Nesses casos, não tem sido rara a utilização concomitante de outros produtos medicinais, incluindo os banhos com Asseptol, que contém hexaclorofeno e timol, além de outros produtos de higiene, muitas vezes os verdadeiros responsáveis pela dermatite.