Açucena de água

Nome Científico: Crinium erubescens Soland (Amarylidaceae)

Orgão da Planta:

Fonte: Padre Dr. José Maria Albuquerque & (www. infomidia.com/estudante/plantastoxicas.html & www.centrorural.com.br/agricultura.html.

Crinum L. é um género de plantas com flor pertencente à família Amaryllidaceae, com centro de diversidade no sul da África, caracterizado pela produção de vistosas flores semelhantes a lírios (Lilium). Esta semelhança morfológica está na origem do nome genérico, já que Crinum deriva do grego “krinon”, lírio ou açucena. Na sua presente circunscrição taxonómica, o género Crinum inclui aproximadamente 65-130 espécies distribuídas por biótopos sazonalmente húmidos das regiões costeiras tropicais e subtropicais de todo o mundo. Algumas espécies são cultivadas como plantas ornamentais.

 

Substância Tóxica:

Consta possuir os alcaloides crinidina e licorina

https://pt.wikipedia.org/wiki/Crinum              O bolbo e folhas destas plantas são ricos em alcaloides, alguns dos quais tóxicos para humanos e outros mamíferos. Entre os alcaloides presentes contam-se as isoquinolina e a licorina.[2]