Vassoura (guanxuma)-

Nome cientifico: Sida rhombifolia L. Sida capinifolia Sidastrum micranthum

Sinonímia: Relógio; malva-preta; vassoura-de-relógio; vassourinha; malva; vassoura-do-campo
Vassoura-do-campo, guanxuma, malva, mata-pasto,

Composição Química:

Alcalóides; 3 tipos de alcalóides (cryptolepina, vascina, efedrina), oito tipos de esteróides, saponinas, mucilagens.


Dados para Cultivo

Propagação: sementes

Espaçamento: expontâneas nos pastos

Época de Plantio: planta nativa, expontâneas nos pastos

Época Colheita: planta toda, folhas, raiz: ano todo


Preparo e Conservação

Extrato Peso/Volume: 10


Uso Medicinal

Uso Normal:

Uso da folhas, chá, uso interno, em: catarro, emoliente, tônicas, hemorroidas, febrífugo, cólicas menstruais, diarreia, externamente em picadas de insetos; mucilagens das folhas em solução aquosa para fortalecer o crescimento de cabelos. Toda planta como: béquicas, pedras nos rins, fortificante. Na Índia usa-se as raízes para reumatismo.

Características:

Originária do continente americano e muito bem adaptada no brasil aonde se transformou em erva-daninha para as áreas agrícolas. Planta herbácea, ou em alguns casos subarbustiva, anual (ou perene), ereta, fibrosa, pouco ramificada, ramosa, pubescente, folhas verde escuro, pecioladas, romboídeo-ovais ou lanceoladas, alternas, pubescentes na face inferior e tormentosa na inferior, flores solitárias, axilares, róseas, dispostas em racemos, carpídio isolados com sementes trigona achatadas.

Foto:

Foto 2: