Taperebazeiro

Nome cientifico: Spondias mombin L. Spondias lutea L.

Sinonímia: Macucu, cajá, cajazeira, cajá-mirim, taperebá, tamacoaré, tamaquaré do serrado;

Composição Química:

Substâncias tanóide


Dados para Cultivo

Propagação: sementes e estaquia

Espaçamento: planta nativa, árvore alta (25 m)

Época de Plantio: planta nativa, do Pará a São Paulo, canteiros irrigados: ano todo

Época Colheita: casca: ano todo; sementes e flores: período florescimento


Informações Gerais

Valor Alimenticio:

Os frutos são usados na fabricação de sucos, sorvetes, licores, etc.

Observações:

A madeira serve para a fabricação de fósforos e uso em caixotaria.


Uso Medicinal

Uso Normal:

Usa-se a casca; em decoto; nos hematomas, erisipela, diarreias, vômitos espasmódicos, disenterias, hemorroidas. Usa-se as sementes, contusas em decoto, na retenção da urina. Usa-se as flores, em infusão , na inflamação dos olhos, conjuntivites, como tônico cardíaco.

Foto: