Rabanete (Rábano) –

Nome cientifico: Raphanus sativus L. var. radícula

Sinonímia: Redondo: akamaru hatsuka, cabernet, cereja, champion, cherriette, comet, crimson, giant, crunchy, fancy red, fuego, jolly, julliete, novired, oakamaru hatsuka, ovos de páscoa, red, red devil II; Comprido: branco iclide, comprido branco, comprido vermelho, french breakfast ponta branca, vermelho comprido sparkler.


Os rabanetes são muito apreciados nos países mediterrâneos como condimento para as saladas. Nalguns lugares, não se come só a raiz mas também as folhas, que têm um agradável sabor picante.

O rábano (Raphanus sativus L. var. Nigra) é urna variedade do rabanete comum,
caracterizada pela cor escura da raiz, muito empregada em fitoterapia.

Outros nomes: rábão. Brasil: rabanete-das-hortas, nabo-chinês. Esp.: rábano, rabaneta, rabanete, nabo chino criollo, nabón. Fr.: radis. Ing.: radish.
https://saude-bemestar-beleza.solucaoperfeita.com/propriedades-medicinais-rabanete-rabano/

Composição Química:

Em 100 g de rabetes existem: vitamina A: 250UI, vitamina B1: 30 mcg, vitamina B2: 35 mcg, vitamina B5: 0,13 mg, vitamina C: 25 mg. Cálcio: 138 mg/100 g ; fósforo: 64, potássio: 32 mg, magnésio: 3 mg, ferro: 1,71 mg, silício: 1 mg.
Botsaris: rafanina, ácidos graxos [ácido linoleico, ácido linolênico, ácido erúcico], glicerol sinapato.


Dados para Cultivo

Propagação: sementes, 17 a 22 kg/ka

Espaçamento: 15-20 cmx 8-10 cm

Época de Plantio: abril a agosto (500-800 m alt.); ano todo (800-1000m alt.)

Época Colheita: 25-35 dias após semeadura: raiz, folhas, sementes


Informações Gerais

Contra Indicações:

Pode provocar sudorese espontânea em certos casos.

Valor Alimenticio:

Fonte de Vit. A, B1, B2, Niacina, Vit.C, cálcio, enxofre, fósforo, potássio, sódio, cloro, magnésio, ferro, silício. Deve ser ingerido cru.


Uso Medicinal

Uso Principal:

fúngico [enibe crecimento “in vitro” de inúmeras c Segundo Botsaris: sementes, decoto, 6-12 gramas: digestivo [distensão abdominal, plenitude abdominal, regurgitação, gosto ruim na boca, diarreia por estagnação, soluços, náuseas; afecções pulmonares, apneia, tosse seca, expectoração branca e abundante; ação antibacteriana [Staphylococcus aureus, Pneumococcus, Streptococcus spp, Echerichia coli, Streptococcus mutans]; efeito antifazepas].

Rabanete e Rábano (Raphanus sativus L.) – Regenera o fígado. Combate eficazmente a sinusite.   Contém um glicósido sulfurado (gluco-rafenina) que, por hidrólise enzimática, se transforma em rafanol, substância a que se devem as suas propriedades colagogas, coleréticas, antibióticas e peitorais. Contém também sais minerais e vitaminas B e C. Sãos estas as suas aplicações: Afecções hepatobiliares: Aumenta a produção de bílis pelo fígado (efeito colagogo), o que o descongestiona e desintoxica. Ao mesmo tempo, melhora o funcionamento da vesícula biliar, ao favorecer a correta evacuação da bílis para o duodeno. O rabanete é pois muito indicado nos casos de hepatite aguda e crônica, doença gorda do fígado, cirrose, intoxicação hepática por fármacos, produtos químicos ou cogumelos, assim como das dispepsias biliares (vesícula preguiçosa). Pode contribuir para regenerar o fígado na hepatite alcoólica e no caso de degenerescência gorda produzida pelo álcool ou por outros tóxicos;    Afecções respiratórias: É mucolítico (amolece a mucosidade), expectorante e antibiótico. Muito indicado em catarros brônquicos, bronquites e laringites, e de modo especial nas sinusites(1,2). Trata-se de um valioso remédio auxiliar nas curas de desintoxicação do tabaco. https://saude-bemestar-beleza.solucaoperfeita.com/propriedades-medicinais-rabanete-rabano/

 

Uso Normal:

Raiz e folha: desperta apetite, antiescorbútico, alcalinizante, antioxidante, mineralizante, calmante, diurético, tônico para músculos, ajuda a dissolver cálculos biliários, reumatismo, gota, artritismo, colelitíase, bronquite, catarros, resfriados, inflamações internas, erupções cutâneas, febres. As sementes são vermífugas.

Uso Normal:

Na forma de suco misturado com de cenoura para restaurar a membrana mucosa, urticária, artrite crônica de origem hepática, icterícia.

Características:

Trazido pelos portugueses a centenas de anos, sendo originário da Asia.

Habitat: Originário da Asia Central, actualmente cultivado em todas as regiões temperadas do mundo.

Descrição: Planta herbácea, da família das Crucíferas, de folhas muito ramificadas e flores brancas com riscas cor-de-rosa ou violeta. A raiz é um bolbo de cor branca, vermelha ou parda escura.

As propriedades medicinais do Rabanete e do Rábano

Foto:

Foto 2:

Foto 3: