Marmelo

Nome cientifico: Pyrus cydonia, Cydonia oblonga Mill.

Sinonímia: Cultivares: Portugel, Smyrna, Mendoza INTA-37, Provence.

Composição Química:

Fonte de Vit. A, Vit. B1 ( Tiamina ), Vit. B2 ( Ribloflavina ), Vit. B5 ( Niacina ), Vit. C ( ácido ascórbico ), fósforo, ferro, cálcio.


Dados para Cultivo

Propagação: Mudas com raiz nua e envasadas.(667-1000/ha).

Espaçamento: 5x3 m (básico), 5x2 m (condução com poda drástica.

Época de Plantio: Raiz nua (transplante): junho-julho, envasadas: período das chuvas.

Época Colheita: Frutos: fevereiro-março (a paratir do 3* ano plantio); frutos de vez a maduros, amarelos; sementes; folhas : período veg.


Informações Gerais

Valor Alimenticio:

Assado ao forno, com mel, em geleias, doces ( marmeladas )


Uso Medicinal

Uso Principal:

Balbach: tuberculose: diarréias sanguinolentas, inflamações intestinais agudas, prepara-se em banho-maria um xarope com 30 g de suco de marmelo e 60 g de açúcar. O marmelo amassado e cozido, em cataplasma, nas hemorróidas sanguinolentas, exteriores. As sementes trituradas em água sem cloro, diluídas em água, como colírio nas inflamações dos olhos.

Uso Normal:

Dr. Heraud: decocto de pedaços: hemoptísase, diarréia atônica e serosa, vômitos crônicos. Balbach: suco, febres infecçiosas, hemoptises, diarréias crônicas, desarranjos biliários. Balbach: sementes, trituradas em água, para: gretações dos seios (rachaduras), o cieiro, lábios gretados, aftas, eczemas, queimaduras, hemorróidas. Diluída em água esta emulsão é bom peitoral, emoliente. Infuso das sementes frescas trituradas, como purgante. Decocto das folhas (brotos novos), e frutos novos em infusão, em enemas, contra disenteria.

Uso Normal:

Como decocto, com goiaba vermelha, cevada e pão torrado é muito bom na disenteria amebiana.

Foto:

Foto 2: