Falsa-erva-de-rato

Nome cientifico: Hamelia patens Jacq.

Sinonímia: Amélia

Composição Química:

Alcalóides (principalmente os oxindólicos também encontrados na Uncaria tomentosa (“unha-de-gato”), e flavonóides


Dados para Cultivo

Propagação: planta nativa

Espaçamento: planta nativa, ornamental

Época de Plantio: planta ornamental, planta nativa

Época Colheita: folhas e ramos: ano todo


Informações Gerais

Contra Indicações:

 

 


Uso Medicinal

Uso Principal:

Estudos recentes indicam que esta planta contém vários dos alcalóides oxindólicos que existem na tradicional planta Unha-de-gato (Uncaria tomentosa), que já estão sendo patenteados como potentes imunoestimulantes.

Uso Normal:

Usa-se folhas, ramos novos, flores, em infuso, para problemas de pele, brotoejas, acnes, queimaduras, coceiras, cortes, micoses, picadas de insetos e problemas menstruais, antiinflamatório, antireumático, antitérmico, dores pós-parto, diarréia, febres. Estudos mostram que seu extrato aquoso ou alcoólico tem ação bactericida e antifúngica contra uma gama de seres patogênicos (ação antipatogênica).

Características:

Nativa de quase todas regiões tropicais do Brasil sendo de crescimento expontâneo. É um arbusto de porte alto, muito ramificado desde a base, com até 3 m altura, com folhas simples, membranáceas, com flores muito vistosas, cor vermelha e amarela, em inflorescências terminais, que se formam durante quase todo o ano, frutos globosos, suculentos.

Foto:

Foto 2: