Douradinha

Nome cientifico: Palicourea rigida; Palicourea coriacea; P. spp.

Sinonímia: Douradinha-do-campo, dourada, dourada-grande, douradão, gritadeira, gritadeira-do-mato, gritadeira-dos-tabuleiros, erva-gritadeira, congonha-de-gentio, batedeira, bate-caixa, tangará-açu.

Composição Química:

Na planta Douradão [Palicourea coriacea], a literatura cita: iridóides, alcalóides, triterpenos.
Na planta Douradinha [Palicourea rigida] a literatura cita: alcaloides, esteroides, derivados do ácido benzoico e cinâmico.
Dra Elisa Aguayo da Rosa [UEM-PR]


Dados para Cultivo

Propagação: planta nativa

Espaçamento: planta nativa

Época de Plantio: planta nativa

Época Colheita: planta seca: ano todo; folhas: período vegetativo


Informações Gerais

Contra Indicações:

O chá muito forte pode causar vômitos, principalmente nas crianças que devem receber sempre a metade da dose dos adultos.

Dra Elisa Aguayo da Rosa [UEM-PR]


Uso Medicinal

Uso Principal:

Pode ser um poderoso diurético, infusão, 1 xícara de planta seca moída em 0,5 litro de água. Tomar 1 xícara de chá 6 vezes ao dia.

Dra Elisa Aguayo da Rosa [UEM-PR]

Uso Normal:

Folhas, uso interno, decoção, dose normal, afecções urinárias, oligúria, anúria, afecções vesicais, cistite, disúria, reumatismos, distúrbios do ritmo cardíaco, gota, auxiliar no tratamento da obesidade, ácido úrico. Dose normal: 3 a 5 xícaras diárias; tomar o chá preparado no mesmo dia, evitando-se guarda-lo de um dia para outro; as dosagens para crianças devem ser a metade da dos adultos.

Dra Elisa Aguayo da Rosa [UEM-PR]

Foto:

Foto 2:

Foto 3: