Caruru-1

Nome cientifico: Amaranthus flavus L Amaranthus viridis L.

Sinonímia: Amaranto-verde, bredo, bredo-verdadeiro, caruru-bravo, caruru-da-mancha, caruru-miúdo,caruru-de-porco, caruru-de-soldado, caruru-verdadeiro, caruru-verde.
Amaranto, Caruru-de-Cuia, Caruru-Rôxo, Caruru-de-Mancha, Caruru-de-Porco, Caruru-de-Espinho, Bredo-de-Chifre, Bredo-de-Espinho, Bredo-vermelho, Bredo www.ci-67.ciagri.usp.br

Composição Química:

Nas folhas de Amaranthus spinosus encontrou-se espinasterol e uma saponina derivada do ácido oleanólico.


Dados para Cultivo

Propagação: planta expontânea (considerada daninha)-semente

Espaçamento: planta expontânea (considerada daninha)

Época de Plantio: planta expontânea (considerada daninha)

Época Colheita: folhas e raiz: ano todo (início de florescimento) (varia com região)


Informações Gerais

Valor Alimenticio:

Fonte de Vit. A, B1, Niacina, Vit. C, cálcio (altíssima taxa) , fósforo, ferro. Pode ser usado levemente refogado, sendo alimento de grande valor nutritivo e de baixo custo (erva daninha). Não usa-lo refogado mas cru para o fígado.
As folhas e os talos do Caruru, após cozidos e escorridos, são utilizados em refogados, molhos, tortas, pastéis e panquecas.                                      www.ci-67.ciagri.usp.br


Uso Medicinal

Uso Normal:

Pela sua altíssima taxa de cálcio é recomendado para a formação dos ossos e dentes em crianças e deficientes neste elemento. É também usado como desobstruente nas afecções do fígado. É usada como emoliente e anti-blenorrágicas a partir de folhas e raízes. As folhas são mucilaginosas, diuréticas , resolutivas e laxativas, hidropisia e catarro da bexiga e também para aumentar a lactação. Em algumas regiões usa-se as raízes em uso externo, contra eczemas e como anti-blenorrágico.

Características:

Herbácea anual, ereta, pouco ramificada, variavelmente pigmentada, com hastes grossas e um tanto carnosa, de 40-100 cm de altura, nativa do Caribe e disseminada por todo Brasil. Folhas simples, inteiras, alternas, longo-pecioladas, membranáceas, glabras, de 6-13 cm comprimento, com mancha violácea no centro da folha. Flores muito pequenas, de cor esverdeada, reunidas em panículas racemosas axilares e terminais. As espécies de Amaranthus se assemelham muito e possuem características de uso parecidas.

Foto: