Camomila

Nome cientifico: Matricaria chamomila, Chamomilla recutita L.

Sinonímia: Camomila; camomila-romana, camomila-comum, camomila-dos-alemães, camomila-verdadeira, camomila-legítima, camomila-vulgar, matricária, macela,manaçanilha, marcela galega.

Composição Química:

Óleo essencial azul contendo camazuleno, camaviolino, flavonoide de ação bacteriostática e tricomonicidas, apigenina, a-a-bisabolol,cumarinas, e uma substância amarga ainda não identificada, polissacarídeos imunoestimulantes, éteres bicíclicos (semelhante a papaverina),
fonte:Izildinha Botelho: O principio ativo mais importante da camomila é a sua essência, cujos componentes mais importantes é o camazuleno (anti-inflamatório) e o bissabol (sedativo); Ela também contém flavanóides e cumarinas, além de um principio amargo tonificante, varias propriedades da camomila foram comprovadas cientificamente.


Dados para Cultivo

Propagação: sementes: 2g/m2 canteiro, ou 50g/ha; a lanço: 4kg/ha

Espaçamento: 0,3x0,25 no campo

Época de Plantio: viveiro: mar-maio; campo: mudas, maio-jun; sem.direta: abril-maio

Época Colheita: flores secas; junho-setembro.


Informações Gerais

Contra Indicações:

Pode provocar irritação da conjuntiva ocular se houver contato prolongado; sobredosagem causa excitação nervosa e insônia DL50= 3 g/kg do pó da planta seca, causando catatonia (Dr. Ferro).
Botelho: Os componentes químicos da flor como matricina, matricarina epigenina, umbelifenona, quercimeritina e acido clorogênico, são proibidos às mulheres grávidas.


Uso Medicinal

Uso Principal:

Uso interno, infusão, dose normal (1 xícara de flores secas em 0,5 litros de água): nervosismo em crianças; cólicas em recém nascidos, tendo atuação usado como compressas do infuso, pela sua ação tópica. A Literatura cita seu uso para higiene da pele dos recém-nascidos: Use o chá de camomila (temperatura ambiente) para limpar, com a ajuda de um algodão, a pele de seu bebê. Faça isso várias vezes ao dia. O chá de camomila serve para refrescar, higienizar, e cicatrizar a pele. Depois seque bem a pele do seu filho e use a maizena (aplique como se fosse aplicar pó de arroz). A maizena evita que o local fique úmido, ajuda no combate à coceira e refresca a pele.
Tem propriedades imunoestimulantes (polissacarídeos), atividades antiespasmódicas (éteres bicíclicos), atividades bacteriostáticas e tricomonicidas (Tricomonas) dos seus flavonoides. É uma das plantas de uso mais antigo na medicina tradicional européia, fazendo parte da Farmacopeia de quase todos os países. É usada como emenagoga (Dioscorides na Grécia antiga) e provada cientificamente hoje. Forma de uso: como infuso e decoto.

Uso Normal:

Uso interno, infusão, flores secas, 1 xícara de café em 0,5 litros de água: febres; vermífuga; histeria; reumatismo; digestiva; dispepsias, sedativo, eliminar gases [carminativa,flatulência] afecções gástricas, cólicas abdominais com gases, inapetência, insônia, dores do nervo ciático. Uso externo, infusão: bochechos de chá: estomatites, aftas, gengivite, anti-séptico. Estimulante da menstruação: macerado, 5 dias, 3 xícaras de chá de flores em 1 litro de vinho branco, agitando-se as vezes. Tomar 1 cálice, 3 vezes ao dia, começando antes da data prevista para a menstruação. Pele irritada, queimadura de sol, cicatrização da pele, no alívio da inflamação de gengivas, como antivirótico no tratamento da herpes, usado na forma de compressa ou de cremes e pomadas, 1 xícara de planta seca para 1 copo de água (depois faz-se a mistura com óleo ou vaselina ou outro creme inerte). Junto com sais de reidratação oral, funciona como antiespasmódico, melhorando os quadros de diarreia e vômito.
Botelho indica para: alergias; inflamações genéricas; coordenar movimentos peristáltico dos intestinos; atua na ansiedade; atua como relaxante muscular.

Características:

Planta anual, monóica, ereta, muito ramificada, com até 50 cm altura, folhas alternas, bi e tripinatissectas, verde, claro, flores centrais hermafroditas, corola tubulosa amarela, flores marginais femininas, zigomoefas, corola branca, lígulas tridentadas no ápice, , flores agrupadas sobre receptáculo cônico ôco. Fruto tipo aquênio. Originária da Europa e norte da África, abundante no leste europeu, produzindo bem em clima temperado, com temperaturas médias abaixo de 20 graus, e elevada umidade relativa do ar. Não tolera excesso de calor ou secas. Resiste à geadas. Solos bem extruturados, férteis, permeáveis, com bom teor de umidade.

Foto:

Foto 2:

Foto 3:

Foto 4: