Avenca

Nome cientifico: Adiantum capillus-veneris

Sinonímia: Cabelo-de-vênus; avenca-comum, avenca-do-canadá.

Composição Química: Mucilagens; taninos; açúcares; óleo essencial;capilarine (princípio amargo); sais minerais.


Dados para Cultivo

Propagação: estacas de raiz e esporos

Espaçamento: plantio em vasos e canteiros-ornamental

Época de Plantio: planta ornamental, ano todo, calor e umidade

Época Colheita: folhas (folíolos) ano todo


Informações Gerais

Valor Alimenticio: No século XVIII na França, fabricavam uma bebida chamada Bavaroise, com a mistura de chá mate; xarope de avenca; leite quente e açúcar.
www.portaleducacao.com.br

Observações: Faz parte da farmacopéia brasileira.


Uso Medicinal

Uso Principal:

Gripe e tosse: 20 gramas de folhas (folíolos) frescas em 0,5 litro de água sem cloro fervente. Coar, adoçar com mel e beber 2 xícaras ao dia.

Uso Normal:

Uso interno, chá por decocto, 1 colher de sopa de folíolos em 1 xícara, 10 minutos; coar e espremer, colocar 1 copo de açúcar cristal e levar ao fogo até que o açúcar derreta, esfriar; tomar 1 colher de sopa 3 vezes ao dia (crianças usar a metade): tosse, rouquidão, garganta inflamada. Uso interno, chá por decocto, 1 colher de folíolos em 1 xícara de chá, 10 minutos, tomar 1 xícara de chá, 2 vezes ao dia: diurético, estimulante da função renal. Usar a mesma receita anterior, tomando 1/2 copo em jejum e outra metade à noite antes de deitar : regulador da menstruação (tomar 10 dias antes do início provável).

Uso Normal:

Uso externo, chá por decocto, 1 colher de sopa de folíolos em 1 copo de água fervendo, por 10 minutos. esfriar, coar, colocar suco de 1 limão e 5 gotas de própulis. Friccionar no couro cabeludo, 3 vezes por semana: queda de cabelo, fortalecedor do couro cabeludo.

Características: É de pequeno porte, 10 a 15 cm de altura, com ramos que surgem em forma de tufos no nível do solo. Existem muitas espécies, umas com folíolos de 2, outras de 5 cm de largura, umas com ramos duros e finos e bem ramificada, e outras com ramos ralos e moles. Os folíolos tem disposição esparramada lembrando leque. Tem odor aromático, com sabor adocicado adstringente. São plantas delicadas gostando de solos úmidos, luz solar indireta e umidade alta no ar. Vivem bem `a sombra de árvores, fendas de rochas, barrancos úmidos e próximo de fontes de água. Sua propagação é por pedaços do rizoma e germinação dos esporos encontrados nos pontinhos escuros na parte inferior dos folíolos. Vive bem em vasos, com mudas a partir de divisão de touçeira. Originário da Ásia e sul da Europa.

Foto:

Foto 2:

Foto 3:

Foto 4: