Assa-peixe

Nome cientifico: Vernonia polyanthes, Vernonia ferruginea, V. polysphaera

Sinonímia: Chamarrita, cambará-branco, cambará-guaçu, estanca sangue, tramanhém, assa-peixe-branco, cambará-açu, assapeixe.

Composição Química:

Alcalóides, glicosídeos, flavonóides (Genkwanina, velutina), óleo essencial, sais minerais.


Dados para Cultivo

Propagação: espécie nativa - crescimento expontâneo por sementes

Espaçamento: espécie nativa - crescimento expontâneo

Época de Plantio: espécie nativa - crescimento expontâneo

Época Colheita: folhas e raiz, ano todo, espécie nativa - crescimento expontâneo


Informações Gerais

Contra Indicações:

Não é aconselhável o uso prolongado da planta. Não deve ser usado por gestantes, pois tem efeito abortivo.

Valor Alimenticio:

As folhas são comestíveis, fritadas à milanesa. As flores são melíferas, proporcionando um mel de alta qualidade.

Observações:

Todas as espécies podem ser usadas mas a melhor é a branca.


Uso Medicinal

Uso Principal:

Bronquite, tosses rebeldes, gripes fortes, pneumonia (decocto de 2 folhas secas cortadas em pedaços pequenos em 1 xícara de chá de água , tomar 3 a 6 xícaras por dia). Diurético; eliminador de cálculos renais: coloque 3 colheres (sopa) de folhas picadas, em pedaços bem pequenos, em 1 litro de água em fervura. Desligue o fogo, espere amornar e coe. Coloque em uma garrafa térmica. Tome a vontade durante o dia, até às 17:00 h. [O paciente deve procurar urinar na posição deitada[“papagaio”] [?].

Uso Normal:

Afecções da pele; dores musculares; reumatismo: em um pilão, coloque 3 colheres (sopa) de folhas frescas fatiadas. Amasse bem, até adquirir a consistência de uma pasta. Espalhe em um pano ou gaze e aplique no local afetado, 2 vezes ao dia, deixando agir por 2 horas. Os glicosídeos extraídos das flores, vem sendo estudados como antitumoral. Xarope: 2 folhas picadas em 1 xícara das de café de água. Ferver 5 minutos, coar, acrescentar 2 xícaras das de café de açúcar e levar ao fogo até a dissolução do açúcar. Adultos – 1 colher das de sopa 2 a 3 vezes ao dia.

Características:

Arbusto anual de até 3 metros de altura; tem folhas alternas, pecioladas, lanceoladas, ásperas, cor verde-escuro na parte superior e verde-clara na parte inferior; inflorescências em capítulos aparecendo nas hastes terminais. Fruto-semente é um aquênio pequeno com cor escura; reproduz-se por frutos-sementes, em solos de fertilidade baixa [costuma invadir áreas de pastagem]. A inflorescência ocorre no início do inverno, época que a planta começa a fenecer (perder seu vigor biológico e entrar em repouso). Originária do Brasil, provavelmente nos estados existentes entre a Bahia e São Paulo. É uma espécie muito melífera atraindo muitas abelhas quando em florescência.

Foto:

Foto 2: