Aperta-ruão

Nome cientifico: Piper aduncun L.

Sinonímia: Pimenta-longa, pimenta-de-macaco, aduncum, tapa-buraco, pimenta-de-fruto-ganchoso, jaborandi-do-mato, erva-de-jaboti, matisco-falso,

Composição Química:

Piperazina, óleo essencial, tanino, matérias mucilaginosas, resinosas, anethole, C-glicosilflavonas, propiofenonas, derivados do ácido benzoico, ácido cinâmico (piperlongumina), e um alcaloide dimérico muito raro na natureza.


Dados para Cultivo

Propagação: espécie nativa, propaga-se naturalmente por sementes.

Espaçamento: espécie nativa, sem estudos agronômicos ainda.

Época de Plantio: espécie nativa, propaga-se no verão chuvoso provavelmente

Época Colheita: folhas, casca, raiz (tóxica), ano todo, frutos no verão, espécie nativa


Informações Gerais

Contra Indicações:

As raízes apesar da crença popular considera-la anti-ofídica, é tóxica, portanto deve-se evitar seu uso.


Uso Medicinal

Uso Principal:

Encontra-se em sua composição um composto chamado anetol que mostrou ser ativo contra uma forma intermediária do agente causal da esquistossomose.

Uso Normal:

Usa-se na forma de chá (infuso) ou maceração alcoólica, de folhas, frutos, casca ou raízes (mas que é popularmente considerada tóxica), como tônico, carminativo, antiespasmódico, blenorragia, afecções do fígado, vesícula e baço. Dose recomendadas: uso externo. decoto: 5%; uso int. infuso/decoto: 2% dose máxima diária: 200 ml; extrato fluido: dose máxima./dia: 4 ml.

Características:

Natural da região equatorial, principalmente nos campos cerrados. É um arbusto ou pequena árvore quando adulta, com 2 a 7 m altura, bastante nodoso, folhas membranáceas ou cartáceas, elípticas, elíptico-ovadas, ou elíptico-lanceoladas, com ápice curtamente acuminado, base assimétrica arredondada ou cordiforme, opacas, em ambas as faces, sendo a inferior finamente pubescente, nervação com pelos quase adpressos, espigas alongadas com flores minúsculas e frutos piramidais. Existem no Brasil muitas espécies deste gênero (Piper), com características e propriedades farmacológicas semelhantes. Pode ser de aparecimento espontâneo nas pastagens do Sudoeste, sendo as vezes considerada “erva daninha” .

Foto:

Foto 2:

Foto 3: